Renegociação de contratos: como seguir com a vida, continuar seu negócio e manter a economia minimamente saudável

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Independentemente da sua forma de trabalhar, você é parte de vários Contratos. Sendo dono do seu negócio, funcionário, prestador de serviços, fornecedor, você tem relações contratuais estabelecidas neste momento delicado que estamos vivendo. Algumas delas longas e valiosas, outras mais recentes e promissoras.

Pois bem, sabemos que todos estamos com medo e um dos efeitos do medo é uma paralisia absoluta. Ocorre que a paralisia financeira pode acarretar em um colapso econômico sem precedentes.

Por isso, nossa sugestão é que, no atual contexto, você procure renegociar seus Contratos, ao invés de encerrá-los. Reveja termos, condições, prazos, juros, preços, direitos e obrigações, tudo o que for necessário para que você possa manter suas relações contratuais.

Contratos permeiam as nossas vidas em todas as direções e mantêm em circulação o fluxo contínuo da energia de materialização, que é o dinheiro. Se rompermos integralmente com essas relações, ficaremos congelados, com qualquer que seja nossa reserva de recursos e não sobreviveremos à crise.

Tanto faz quanto dinheiro você tem, pois se os recursos não circulam, sua reserva poderá acabar, cedo ou tarde, e você provavelmente não vai conseguir conquistar mais. Não é apenas sobre não pegar a doença, mas é também sobre como sobreviver depois dela. Saúde física e financeira não precisam ser um paradoxo e objetos de uma escolha, mas sim os elementos de um equilíbrio fino.

Como renegociar Contratos? Abra o diálogo! Sugira ao seu locador, seu colaborador, seu cliente ou parceiro, novas condições. Sozinho ninguém vai sair dessa, mas juntos temos uma grande chance!

Nosso time jurídico está a postos para lhe auxiliar nessa empreitada, acompanhando de perto todas as novidades legislativas, sempre com ideias criativas e frutíferas de como renegociar condições contratuais e formalizar novas relações!

Vamos juntos! O mundo novo só nasce com a redenção do antigo!